É HOJE. Com problemas, CAP vai encarar força máxima do Cruzeiro esta tarde no Mineirão, pelas Quartas

Com jogadores fora por lesões, Fajardo diz que “foi assim desde o início que conseguimos superar, vamos tentar superar mais uma”

 

Foto: Alair Constantino|O Dono do Apito

 

CAP-ATACA

 

Jogo promete emoções de novo encontro em Cruzeiro e Patrocinense no Mineirão depois de 24 anos


Por Luiz Antônio Costa | Esporte Hoje | Rede Hoje


O Clube Atlético Patrocinense joga neste sábado (15), contra o Cruzeiro pelas quartas de final do Campeonato Mineiro. O técnico Welington Fajardo tem muitos problemas de contusões para escalar a equipe, por isso ainda não definiu o time. Rodolfo Mol, Danilo Tarracha, Mateus Mendes e Ademir estavam – até esta sexta sob os cuidados doDepartamento Médico o atacante Ademir, está definitivamente vetado desde esta quinta-feira, com um edema na coxa. E não joga. 

 

O técnico Wellington Fajardo tem que alterar várias vezes a sua planilha de treinamento esta semana, em função dos problemas que se acumularam nesta reta final de campeonato. “O time de hoje seria este. Chega no treino, um machuca, tenho que trocar. Chega no outro dia, o fato se repete com outro jogador. Então é um quebra-cabeça grande, mas a situação que se apresenta é essa, nós temos lidar com a situação de dificuldade. Foi assim desde o início que conseguimos superar, vamos tentar superar mais uma”, diz Fajardo.

 

Ademir ficou em Patrocínio fazendo tratamento. O presidente Maurício Cunha disse à Rede Hoje nesta quinta-feira, à tarde, que “se ele tiver condição, vamos encaminhá-lo para Belo Horizonte e arrumamos um fisioterapeuta para que ele continue o tratamento na capital mineira”. Mas, nesta sexta-feira, 16, à tarde Maurício Cunha descartou tal possibilidade. “Ele nem viajou. Não adianta, o problema levará mais tempo para tratamento. Nós confiamos no elenco”. Thiago Brito pode ser o substituto de Ademir.

 

ademir-entrevista

 

Um edema na coxa, tirou Ademir do jogo mais importante do ano para o CAP. Foto: Rede Hoje|Luiz Costa Jr

 

O DRAMA DO ARTILHEIRO. No sábado, 11, após o jogo com o Cruzeiro, Ademir estava animado. Ele fizera uma excelente exibição e, mesmo tendo saído lesionado do jogo, estava confiante que jogaria neste sábado no Mineirão. Em entrevista à TV Hoje, disse acreditar que era só uma fadiga. “Até essa saída minha foi um propósito de Deus para que o Genesis entrasse e fizesse o gol”(de empate, porque o Cruzeiro ganhava por 1 a 0).

 

Ao longo da semana a situação de Ademir foi dando sinais de que a recuperação não aconteceria a tempo. Na quinta-feira, perguntado pela Rede Hoje se jogaria neste sábado, foi enfático: “claro, quem não quer jogar no Mineirão, contra o Cruzeiro”. Mas, nesta sexta-feira veio a confirmação que ele estava vetado.

 

O QUE DIZ O MÉDICO. Em resposta a uma solicitação de nossa reportagem, o médico do clube Otávio Sia respondeu: “o Ademir que foi substituído no jogo contra o Cruzeiro, queixa de dor na parte posterior da coxa. Fizemos uma avaliação e foi verificado um edema muscular. O Ademir veio fazendo tratamento durante toda semana e continuo sentido muita dor. Nós(médico e fisioterapeuta) achamos em prudente que ele não viajasse e que um fizesse um teste momentos antes do jogo por dois riscos: primeiro, não conseguir jogar e ter feito uma viagem desnecessária; e segundo, a lesão se agravar durante o jogo, porque é o jogador de explosão. Ele vem dando sinais de fadiga, e poderia transformar isso numa lesão mais grave e prejudicar o atleta. Nós confiamos que o time vai passar das quartas de final. Se por ventura chegamos a semifinal, nosso tratamento continuará intensivo para liberar o Ademir para Welington Fajardo nas semifinais”, explicou o médico do CAP.

 

O lateral esquerdo Mateus Mendes que está com o time em Belo Horizonte, segue fazendo tratamento e vai para o jogo. O zagueiro Rodolfo Mol viajou nesta sexta-feira a tarde na esperança de poder figurar pelo menos no banco de reservas. Ele fez uma ressonância e até no momento da viagem não tinha ainda o resultado. Porém, disse à Rede Hoje que não sente desconforto. O lateral esquerdo Danilo Tarracha - também lesionado em tratamento - viajou, mas é dúvida. Ele disse, na quinta-feira durante o treino que estava “sentido muita dor”.

 

fajardo8

 

Welington Fajardo diz que está acostumado com as dificuldades. Foto: Rede Hoje

 

TREINO DA SEXTA. O CAP nesta sexta-feira (16), um treinamento na Cidade do Galo, em Vespasiano. Como esta definido que Ademir não joga, foram testados Gênesis, Marcelo Régis e Thiago Brito ao lado de Berger no ataque. Na lateral esquerda, Danilo Tarracha e Mateus Mendes, treinaram normalmente.

 

O técnico Wellington Fajardo deve mandar contra o Cruzeiro, as 16 h, no Mineirão: Neguetti; Ângelo, Diego Borges, Juninho e Mateus Mendes(Danilo Tarracha ou Magal); Bruno Moreno, Mario César, Leomir e Diogo Peixoto; Berger e Gênesis(Marcelo Régis ou Thiago Brito). O time será apresentado à imprensa só no vestiário do Mineirão.

 

GALERA-2

 

Torcida grená outra vez estará empurrando o CAP. Foto: Alair Constantino|Dono do Apito

 

TORCIDA GRENÁ. Muita gente vai compareceu ao Mineirão para torcer pelo timão Grená. Em Uberlândia 520 patrocinenses estiveram presentes, na primeira fase, no jogo contra o Uberlândia ou no Independencia em BH, onde compareceram mais de 300 torcedores grenás. Agora, mais de 500 pessoas estarão em Belo Horizonte. Ônibus, vans e carros particulares aos montes rumarão para a capital mineira neste sábado. E de Belo Horizonte, centenas de pessoas de Patrocínio ou torcendo pelo Patrocinense, estarão ocupando espaço no setor Roxo das arquibancadas do Mineirão.

 

DEDE-GENESIS2

 

Possivelmente o torcedor verá, de novo, o embate entre Dedè(Cruzeiro) e Gênesis(CAP). Foto: Alair Constantino|Dono do Apito

 

 

ADVERSÁRIO. O Cruzeiro está tratando o jogo contra o CAP neste sábado como um grande espetáculo. No site oficial avisa: “o torcedor não tem motivos para ficar de fora do duelo decisivo contra o Patrocinense, neste sábado, às 16 h, no Mineirão. Para chegar ao Gigante da Pampulha com comodidade e segurança e apoiar a Raposa no confronto que vale vaga na semifinal do Campeonato Mineiro, o cruzeirense contará mais uma vez com o serviço da linha 55”.

 

O TIME CELESTE. O Cruzeiro fechou a preparação, nesta sexta-feira, para o jogo único das quartas de final do Campeonato Mineiro. O técnico não definiu a equipe que vai a campo, mas afirmou que vai usar o que tem de melhor no elenco para buscar a classificação diante do Patrocinense, no sábado, às 16h, no Mineirão.

 

MANO

 

Mano Menezes: "Será jogo único, valendo vaga nas semifinais e vamos encarar com a maior seriedade possível” . Foto: Divulgação|Cruzeiro

 

Vamos colocar em campo a melhor equipe que pudermos colocar. Estão quase todos à disposição e quase todos têm condição de iniciar a partida. E o De Arrascaeta ainda estará aí antes da viagem (para a seleção uruguaia). Será jogo único, valendo vaga nas semifinais e vamos encarar com a maior seriedade possível”, declarou o técnico do Cruzeiro.

 

DA ÚLTIMA VEZO último embate entre Cruzeiro e Patrocinense, ocorrido há quase 24 anos, foi o mais marcante. Em 15 de maio de 1994, a Raposa ganhou por 1 a 0, no Mineirão, e deu a volta olímpica diante de sua torcida em virtude da conquista do Estadual – garantida matematicamente na rodada anterior com triunfo por 5 a 3 sobre a Caldense, em Poços de Caldas. O Gigante da Pampulha recebeu um público de 23.170 torcedores


expressouniao 26062014 redehoje 600x100 insti