CAP. Mesmo nos bastidores time grená movimenta muito para repetir em 2019 o sucesso deste ano

Clube, entre outras coisas, já contratou nova comissão técnica, novo gerente de futebol e na reunião da FMF ficou sabendo do uso do VAR como novidade de 2019

Foto: Arquivo|Rede Hoje

PAN noturno

Estádio Pedro Alves poderá ser ampliado com a construção de aruibancada fechando o anel, pois a fase final do campeonato vai exigir pelos lugares para 10 mil torcedores


Luiz Antônio Costa | Rede Hoje


O Clube Atlético Patrocinense(CAP) não parou desde o fim do campeonato mineiro. Mas, a movimentação se intensificou nestas duas últimas semanas. Primeiro com o conselho técnico do campeonato de 2019, depois com o trabalho de bastidores para montar o time e para o marketing de 2019. Durante este período foi contratado o novo treinador do clube, Rodrigo Fonseca, e o seu auxiliar, Toninho Kajuru; e escolhida a musa do clube: Thainara Gabriela, de 19 anos.

musa2

 

Nova musa do clube: Thainara Gabriela, de 19 anos. Foto: Diário Patrocinense|Edmar Cunha

 

No evento, as 10 finalistas do concurso desfilaram com a camisa do CAP. Após o desfile, mais de 30 jurados votaram e escolheram Thainara, ficando Mariana Menezes em segundo e a terceira Adriana Davi. Thainara Gabriela recebeu um prêmio de mil reais e doou para o Hospital do Câncer de Patrocínio. A musa da última temporada, Amanda Vitória, também prestigiou a festa. Além disso, o mascote do time grená, a Águia Louca, animou a galera.

 

Novos uniformes. O lançamento oficial da nova linha de uniformes para a disputa da elite do Campeonato Mineiro e a Série D do Campeonato Brasileiro, com marcas de 13 empresas patrocinadoras. As camisas já estão à venda na Arte Final Uniformes.

 

mauricio-cunhaMaurício Cunha. Foto: Reprodução TV Hoje

 

O campeonato. Na tarde da terça-feira, 23 de outubro, aconteceu em Belo Horizonte, a reunião do Conselho Técnico para o Campeonato Mineiro 2019. O presidente Maurício Cunha e o diretor Marcos Antônio da Silva representaram o time grená. Os clubes da capital, através do representante do Cruzeiro, Benecy Queiroz, sugeriram que a fase quartas-de-final fosse retirada do calendário da competição. Os clubes do interior foram contra a mudança, e a etapa foi mantida em jogo único. Em decisão da maioria presente, os estádios deverão comportar no mínimo 10 mil pessoas, já a partir dessa etapa.

 

Promessa do Deiró. O CAP, neste caso, depende do prefeito Deiró Marra cumprir a promessa feita no dia 19 de março – aniversário do clube, quando encerrou as atividades oficiais de 2018. Deiró Marra anunciou a conclusão do anel de arquibancadas no Estádio Pedro Alves do Nascimento. “Apostamos também no esporte e o Pedro Alves é hoje a grande casa do CAP, agora nós estamos na Série D e vamos subir e até o final do mandato vamos ter ali, vamos completar a ferradura da arquibancada e ter um belo estádio para 20 mil pessoas. Claro que para isso, precisamos da estrutura do CAP, tendo um time que vai crescendo, vamos crescer juntos com ele”, declarou a Rede Hoje.

 

Novidade: VAR. O regulamento do Campeonato Mineiro de 2019 ainda será texto submetido à avaliação de um grupo de juristas, incluídos os representantes dos clubes participantes. O árbitro de vídeo será utilizado na competição pela primeira vez na história e foi definido por decisão unânime. A Federação Mineira de Futebol colocou os valores no planejamento financeiro para o exercício 2019, e arcará com os custos da operação do recurso tecnológico. Os clubes deverão homologar seus estádios, caso queiram mandar os jogos semifinais e finais, e arcar com os custos das adaptações necessárias.

 

O Campeonato começa dia 20 de janeiro e termino em 21 de abril, com 4 jogos de meio de semana, sendo a maioria das partidas disputada no final de semana. Serão usadas apenas 16 das 18 datas abertas pela CBF para utilização em campeonatos estaduais.

 

Não existirá data limite para inscrição de atletas, pois muitos clubes contratam jogadores pensando em competições futuras, como Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro das séries A, B, C e D, mais uma vez pensando no futebol nacional como um todo.

agui-mascote

Boa medida sobre mascotes e torcida mirim . Foto: Gilber

Boa medida. O acesso da criançada ao gramado será ilimitado, permitindo que os clubes cativem a nova geração de torcedores que começa a frequentar os estádios. A Águia pode deitar e rolar, como este ano, quando “fez uma defesa” e colocou a torcida em êxtase.

 

andre-alvesAndré Alves.Foto: Arquivo|Rede Hoje

 

Novidade no CAP: André Alves. O presidente Maurício Cunha informou que ex-jogador do Clube Atlético Patrocinense, André Alves - que defendeu o time na segunda divisão de 2016 e no Módulo II quando o clube foi campeão – vai assumir a gerência de futebol do clube. André Alves é um lider que será responsável pela ligação entre elenco e diretoria. O trabalho de documentação e trâmites junto a Federação Mineira de Futebol (FMF), que também era de Stéfano, será feito por outra pessoa, um supervisor.

 

Estéfano Caetano que serviu ao CAP nas últimas temporadas, está fora e já acertou com o Uberaba Sport. Em nota, a diretoria do CAP informou que não chegou a um acordo com o ex-gerente de futebol. O ex-gerente não se pronunciou. A nota, assinada pelo presidente Maurício Cunha agradeceu o trabalho desenvolvido de Estéfano de 2016 a 2018, quando o CAP conquistou os maiores feitos em pouco mais de dois anos: título do Módulo II em 2017 e o acesso para a elite mineira e este ano chegou às quartas de final do Mineiro.


expressouniao 26062014 redehoje 600x100 insti