MINEIRO. FMF define jogo SEP e Mamoré no mata mata, Esportiva contrata quatro reforços já para o primeiro jogo

Primeiro jogo está marcado para o Júlio Aguiar, sabado, 4 da tarde

Foto: reprodução Rede Hoje TV

sepxmamore

 O confronto entre Esportiva Patrocinense e Mamoré, se repetirá agora no mata-mata


 Da redação da Rede Hoje


 A Federação Mineira de Futebol confirmou os resultados da chave B e definiu a Esportiva Patrocinense (SEP) para enfrentar o Mamoré no mata-mata do Campeonato Mineiro. O  primeiro jogo será neste sábado, 21, às 16h no Estádio Júlio Aguiar em Patrocínio. 

Por causa disso, a Esportiva contratou quatro reforços na noite desta segunda-feira. Eles são: o atacante Rafamar que está vindo da Caldense; Ualisson Picachu, meia atacante ex-Boa e Funorte;  Dival, meia, e  Heitor, lateral esquerdo da Ponte Preta. Os jogadores já se apresentam nesta terça-feira para treinamentos. 

A Diretoria de Competições (DCO), da Federação Mineira de Futebol publicou a tabela do mata-mata das quartas-de-final do Campeonato da Segunda Divisão. Os oito classificados seguem na competição e está confirmado que S.E.Patrocinense e Mamoré serão adversários, com a primeira partida no próximo sábado (21), às 16h, no Estádio Júlio Aguiar e o jogo de volta no sábado seguinte (28), às 16h, no Estádio Bernardo Rubinger, em Patos de Minas. 

Confira os confrontos

Jogos de Ida

Sábado (21)

10h, em Itaúna: Internacional de Minas x Betim

16h, em Manhuaçu: Boston City x Pouso Alegre

16h, em Patrocínio: Patrocinense x Mamoré

Domingo (22)

10h30, em Três Corações: Atlético TC x Valadares 

Jogos de volta

Sábado (28)

15h, em Pouso Alegre: Pouso Alegre x Boston City

15h, em Betim: Betim x Internacional de Minas

16h, em Patos de Minas: Mamoré x Patrocinense

Domingo (29)

10h30, em Governador Valadares: Valadares x Atlético de Três Corações

 tabela1

tabela2

JULGAMENTO TJD. Na pauta dessa terça (17), na 4ª Comissão Disciplinar do TJD, da FMF, haverá julgamento do processo nº 270, em que a Procuradoria de Justiça Desportiva é DENUNCIANTE e o Araguari Atlético Clube, o DENUNCIADO, com base no artigo 203 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). O artigo 203 versa sobre “Deixar de disputar partida, sem justa causa, ou dar causa à sua não-realização ou à sua suspensão”.

Além de perda de pontos, a pena pode incluir multa de R$ 100,00 a R$ 100 mil reais. Da decisão da 4º comissão disciplinar, cabe recurso ao tribunal pleno e em última instância, ao STJD, no Rio de Janeiro.


hc-28022019-banner222