LUTO. Narrador Hércules Santos, da Rádio Super, parceira da Capital FM, morre aos 45 anos em Belo Horizonte

O velório está acontecendo em BH e o sepultamento acontecerá na manhã desta sexta-feira (4), às 9h

Fotos: O Tempo|Rádio Super|Divulgação

4437291

Com tristeza e consternação, amigos e familiares vão se despedir do jornalista


Da redação da Rede Hoje


O narrador da Rádio Super Hércules Santos, que morreu na madrugada desta quinta-feira (3), de complicações decorrentes de um quadro de pneumonia. Ele será velado e enterrado  na manhã desta sexta-feira (4), às 9h, no cemitério Bosque da Esperança em Belo Horizonte.  

 

Hércules estava internado desde a última segunda-feira (30) no Hospital Semper e morreu por complicações decorrentes de um quadro de pneumonia na madrugada desta quinta-feira (3). Aos 45 anos, o jornalista, referência na comunicação esportiva em Minas Gerais, se despede da esposa, Daniela, e dos dois filhos pequenos, Bernardo (3 anos) e Ulisses (1 ano). 

 

Ele começou em Caratinga, MG, de lá se transferiu para a Rádio Globo(e rádio CBN) de Belo Horizonte, onde ficou até a extinsão da emissora. Com a criação da Rádio Super, do Grupo O Tempo, ele e uma grande equipe de profissionais se reunião na nova emissora. 

 

A Rádio Capital FM, de Patrocínio, faz parte da Rede Super e lamenta profundamente a érda de um profissonal tão jovem e capaz. Ele era o narrador oficial dos jogos do atlético Mineiro, cuja a voz marcante e forte, ficou gravada nos corações e mentes da torcida do Galo.

 

Ao longo de todo o dia, repórteres e apresentadores da Rádio Super 91.7 FM prestam homenagens durante a programação a este grande jornalista. A Sempre Editora, à frente da rádio e dos jornais Super Notícia e O Tempo, lamenta a partida do Hércules Santos, narrador gigante que nos brindava com tamanha alegria e profissionalismo diário desde 2017 quando chegou ao grupo, e presta solidariedade à família. 

 

Com informações do jornal O TEMPO


Quintal